WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



(77) 99965-6548

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: 7/dez/2019 . 14:49

Próximo a Planalto: Grave acidente é registrado nessa madrugada na BR-116

Fonte Portal Penachinho

Um grave acidente foi registrado na BR-116 nessa madrugada, por Volta das 03:00hs um veículo de modelo Honda Civic de Cor Branca, acabou perdendo o controle entre os Kms 790 e 800 sentindo Planalto e acabou caindo em uma ribanceira.

O motorista, o boanovense Anderson Marinho,figura bastante conhecida da região,sofreu algumas  escoriações e foi encaminhado pela equipe de resgate da ViaBahia até o Hospital Samu de Vitória da Conquista. Anderson felizmente passa bem,já o veículo ficou totalmente destruído.

Bahia: Pregador de igreja é preso suspeito de manter mulher em cárcere privado

Reprodução: Giro Ipiaú

Um homem, de 34 anos, foi preso em Eunápolis, na Costa do Descobrimento. De acordo com o site Radar 64, o suspeito, que é conhecido como pregador de igreja evangélica, é acusado de mantar a esposa, de 18 anos, em cárcere privado. À polícia, a vítima contou que também sofria violência física e psicológica de Leones Pereira de Jesus. Ela declarou que já durante o namoro tinha sido agredida com socos e tapas, situação que continuou com o casamento.

Os dois estavam juntos desde fevereiro deste ano. Ainda segundo o site, a jovem também afirmou que era proibida de falar com familiares e tinha de andar nas ruas de cabeça baixa. O marido, segundo ela, era muito ciumento. A denúncia que resultou na prisão do acusado ocorreu após denúncia da mãe da vítima. Leones foi encontrado dentro de casa.

Ainda segundo a polícia, o acusado, apesar de não ser pastor, era pregador itinerante de igrejas evangélicas da região. Nas idas às igrejas, levava a esposa para cantar nos louvores.

Bahia: Mãe é condenada por encomendar morte do filho e prometer pagar com sexo

Reprodução: Giro Ipiaú

Júri popular condenou Alexsandra Moura da Silva a 32 anos de prisão por encomendar a morte do próprio filho, de sete anos, e prometer pagar o executor da criança com sexo. O crime ocorreu em janeiro de 2015, em Camaçari, e a decisão da Vara do Júri e Execuções Penais da cidade aconteceu nesta sexta-feira (6). O executor da criança, José Nilton Pereira, foi condenado a 21 anos de prisão.

A investigação apontou, conforme decisão judicial, que a criança foi afogada e morreu por asfixia. O júri entendeu que José Nilton agiu com emprego de meio cruel, e que utilizou de dissimulação para atrair a vítima ao local do crime, ao prometer presenteá-la com “pipa” e linha.

Ainda de acordo com a decisão, a mãe da criança, Alexsandra Moura, além de encomendar a morte do filho, deu orientações de como José Nilton deveria atrair e executar a criança. O entendimento do júri foi de que Alexsandra agiu “com vilania”, ao prometer recompensar José Nilton com relações sexuais, “frieza”, ao exigir que a morte fosse por afogamento, e “de forma sorrateira”, por instruir o executor sobre a maneira de atrair a vítima ao local do afogamento.

Alexsandra não compareceu ao julgamento, e conforme a decisão permanece foragida. Até a sexta ela não havia sido localizada pela Polícia Judiciária com o fito de executar o mandado de prisão pendente contra ela.

“Tal comportamento deixa inequívoco seu intento de furtar-se às consequências de seus atos, sobretudo agora, quando condenada pelo veredicto soberano do Júri Popular”, diz a decisão do juiz de Direito Waldir Viana Ribeiro Junior, ao caracterizar como imprescindível a manutenção da prisão preventiva de Alexsandra Moura.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia