Fonte: Blog do Jorge Amorim

Atendendo a liminar impetrada pela Coligação Vamos Reconstruir Barra do Choça, a Juíza Eleitoral da comarca de Barra do Choça, Lázara Abadia de Oliveira Figueira, determinou imediata suspensão de pesquisa eleitoral divulgada pela Coligação És Barra de Fé e Grandeza. A Justiça considerou irregular a pesquisa, registrada sob o número 04445/2020, sob pena de multa para cada um dos representados no valor de R$ 25 mil.

Também determinou o envio de cópia da decisão ao Conselho Regional de Estatística (CONRE) da 5ª Região e da 3ª Região, onde o representado tem registro. Outra ação da Juíza foi o envio de cópia dos autos para a Polícia Federal para instauração de Inquérito Policial, em relação aos responsáveis pela pesquisa, bem como por sua divulgação.

O candidato a prefeito pela Coligação Vamos Reconstruir Barra do Choça, Oberdan Rocha, afirmou que a decisão da Justiça, confirma o que presenciou durante a campanha. A adesão em massa da população de Barra do Choça ao desejo de reconstrução do município.

“Sabíamos que vontade popular é muito diferente do que o exposto nesta pesquisa fraudulenta. Também acompanhamos o processo eleitoral em sondagens para uso interno e sabemos que estamos muito à frente do adversário. Barra do Choça expressa o desejo pela retomada do trabalho e do desenvolvimento. Nosso povo deseja a reconstrução de tudo que foi destruído nos últimos quatro anos”, afirmou. ASCOM/Coligação “Vamos Reconstruir Barra do Choça”