Fonte: Blog do Jorge Amorim

Após algumas horas, o prefeito Adiodato Araújo resolveu atender um grupo de professores contratados que foram à sua casa reivindicar o pagamento da rescisão de contratos. De acordo com um destes professores que não quis se identificar, o prefeito informou que hoje estará fechando as folhas de pagamentos, e que havendo recurso suficiente do FUNDEB, pagará todos os direitos trabalhistas dos contratados. Caso não haja recursos suficiente, ele poderá pagar 70% ou 80% dos valores.

O professor ressaltou que os contratos foram encerrados em 23 de dezembro. Lamenta toda está situação e queixa de desvalorização da categoria. Ele lembra ainda que na última terça feira (22) foi aprovada na Câmara Municipal de Vereadores, uma suplementação de quase 8 milhões de reais, entre uma das finalidades era justamente, o pagamento dos direitos trabalhistas dos servidores contratados.

Assim, a comissão aguardará ansiosamente até amanhã 30/12, a concretização das promessas do prefeito, caso contrário, outras medidas serão tomadas.