Reprodução: Metrópoles

Kaike Júnior Moreira da Silva, de 12 anos, foi morto por uma mulher de 39 anos, nesta quarta-feira (6/1), no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Ele levou uma facada nas costas depois de cobrar R$ 1 da venda de um pastel.

O menino trabalhava em um restaurante e vendeu pastéis para o filho da mulher. Como uma parte do pagamento ficou faltando, Kaike foi até a residência da suspeita para pegar o valor que não foi pago. A mulher se irritou com a cobrança e apunhalou o menino com uma facada nas costas.

Mesmo ferido, o garoto saiu correndo pela rua e pediu ajuda até cair no chão. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

A suspeita do crime se trancou em casa e jogou cinco facas no lixo. Em uma delas, a polícia encontrou vestígios de sangue. As informações são do IG.

Ela foi presa em flagrante e levada até a Delegacia de Polícia Civil da região para prestar esclarecimentos sobre o crime.